Alessandra Strazzi

Alessandra Strazzi

Advogada | OAB/SP 321.795

Advogada por profissão, Previdenciarista por vocação e Blogueira por paixão, Autora dos blogs “Adblogando“ e "Desmistificando". Formada pela Universidade Estadual Paulista / UNESP.

Leia também

advertisement advertisement

Estudos e café da manhã: a refeição mais importante

 

Você tem o hábito de pular da cama logo cedo e já começar seus afazeres, sem tomar café da manhã (ou tomando somente um cafezinho preto)? Sabia que isso, além de não ser saudável, atrapalha o rendimento do cérebro?

 

Um bom café da manhã é fundamental para qualquer pessoa. Mas, quando se trata de atividades intelectuais, ele é ainda mais importante. Explico:

 

1) Quando dormimos, ficamos em jejum e nosso corpo consome a glicose que temos armazenada no fígado e nos músculos (armazenamos glicose nesses órgãos na forma de gliconênio). Assim, quando acordamos, nosso nível de glicose disponível está baixo.

2) Nosso cérebro consome exclusivamente glicose para seu funcionamento.

 

Rendimento nos estudos e a importância do café da manhã

 

Se não repomos este nutriente pela manhã, o corpo vai precisar metabolizar proteína (ou seja, músculos) para obter a glicose necessária. E não, a sua reserva de gordura da barriguinha não vai servir para isso, pois os animais não conseguem transformar gordura em glicose. Nós conseguimos transformar glicose em gordura, mas não o contrário (já as plantas, conseguem). Em animais, a gordura é transformada em outro tipo de molécula que fornece energia (os corpos cetônicos), mas não glicose.

 

E o processo de transformar proteína em glicose é bem mais demorado para o corpo do que simplesmente usar a glicose, que já é um combustível pronto para ser usado. Por isso, o desempenho mental cai.

 

Assim, meu conselho para quem está estudando (qualquer que seja o seu objetivo) é: tome um bom café da manhã! De preferência com cereais integrais, alimentos ricos neste nutriente e que são  absorvidos mais lentamente, evitando picos de glicose e mantendo a saciedade por mais tempo.

 

Outro conselho, este para quem presta concursos públicos, é clicar no link a seguir e assistir o vídeo gratuito preparado por Paulo Sette (link de afiliado). Ele traz dicas de estudos pouco conhecidas e promete dobrar suas chances de passar já no próximo concurso público.

 

Se você gostou deste artigo e quer mais dicas de estudo minhas, deixe um comentário abaixo, por favor. Também já escrevi um artigo com dicas de estudo para o Exame da OAB: Como passei na OAB – 3 dicas pessoais para passar no Exame de Ordem! (e uma dica bônus).

 

ATENÇÃO

A republicação deste artigo só é permitida se mantidos TODOS os links originais.

 

FONTE: sei disso tudo porque sou formada em Ciências Biológicas e tive a matéria de fisiologia neste curso. Também encontrei essas informações aqui: A Glicose no OrganismoFalta de carboidratos afeta funcionamento do cérebro.

Pin It on Pinterest

Conteúdo VIP

Conteúdo VIP

Coloque o seu email ao lado para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Inscrição feita com sucesso!