Alessandra Strazzi

Alessandra Strazzi

Advogada | OAB/SP 321.795

Advogada por profissão, Previdenciarista por vocação e Blogueira por paixão, Autora dos blogs “Adblogando“ e "Desmistificando". Formada pela Universidade Estadual Paulista / UNESP.

Leia também

advertisement advertisement

Qual a área jurídica mais fácil na 2ª Fase do Exame de Ordem?

 

Sumário

1) Introdução

2) Área jurídica com maior aprovação no Exame de Ordem

3) Área jurídica com maior aproveitamento no Exame de Ordem

4) Conclusão – Qual a área jurídica mais fácil na Segunda Fase do Exame de Ordem?

 

Qual a área jurídica mais fácil na 2ª fase do Exame de Ordem?

 

1) Introdução

 

No momento da inscrição para o Exame de Ordem, o examinando deve indicar a área jurídica (matéria) em que deseja realizar a prova prático-profissional: Direito Administrativo, Civil, Constitucional, Empresarial, Penal, do Trabalho ou Tributário.

 

Neste momento, ou até mesmo antes, começa a terrível dúvida: qual área jurídica escolher para prestar o meu Exame de Ordem?

 

Muitos dizem que a área mais fácil é Direito Penal. Outros dizem que é Direito do Trabalho. E Deus me livre de Direito Civil, dizem… Já viu a quantidade de peças??

 

Neste artigo, analiso alguns dados estatísticos para verificar qual a área jurídica mais fácil na 2ª fase do Exame de Ordem.

 

Se você está procurando um material de Estudo para o Exame da OAB, recomendo a leitura do meu artigo: Resenha: Material Completo de Estudo para Exame da OAB.

 

2) Área jurídica com maior aprovação no Exame de Ordem

 

Analisando os dados do relatório Exame de ordem em números (formulado pela FGV Projetos em parceria com a OAB), que engloba dados do II ao X Exames de Ordem Unificados, a área jurídica em que os candidatos mais tiveram aprovação foi Direito Constitucional. Com exceção o V Exame, todos os outros foram liderados por esta matéria, em termos de aprovação geral.

TABELA – Evolução do percentual de examinandos aprovados por área jurídica escolhida (%) – II ao X Exame de Ordem Unificado (EOU) (Tabela 8 do relatório Exame de ordem em números)

Área Jurídica

Exame Administrativo Civil Constitucional Trabalho Empresarial Penal Tributário
II 29,1 26,2 38,6 12,3 23,9 9,2 21,9
III 14,5 12,6 31,3 8,8 16,3 13,1 13,3
IV 21,2 17,1 22,6 11,1 13,0 16,4 14,3
V 39,1 41,8 38,7 12,9 31,1 18,3 24,1
Vi 28,1 32,6 40,7 20,8 32,3 29,5 11,0
VII 12,1 31,1 40,1 13,1 17,2 5,4 15,8
VIII 8,8 30,5 25,0 9,2 19,1 21,1 14,8
IX 16,5 10,8 21,7 9,5 5,5 7,7 14,3
X 14,8 45,2 34,7 22,1 25,9 19,3 37,7
Média 18,7 28,7 31,3 12,9 20,0 15,5 18,2
Ranking 4 2 1 7 3 6 5

 

Note que as áreas consideradas popularmente mais fáceis (Penal e Trabalho) estão em último lugar.

 

Entretanto, isso não sigfica que Constitucional é a área mais “fácil”. Isso porque a tabela acima o índice de aprovação geral, englobando as duas fases.

 

As notas obtidas pelos candidatos demonstram que, na verdade, Direito Constitucional liderou somente os II e III Exames (veja o próximo item).

 

Prova da OAB - gabarito

 

3) Área jurídica com maior aproveitamento no Exame de Ordem

 

As tabelas a seguir medem o aproveitamento (notas) dos candidatos na segunda fase. Ao analisar a tabela, lembre-se de que a peça vale 5 pontos e as questões, somadas, também valem 5 pontos.

TABELA – Prova prático-profissional: aproveitamento médio por disciplina da 2ª fase – Geral, e do II ao V EOU (Tabela 11 do relatório Exame de ordem em números)

Área Jurídica Geral (II ao X EOU) II Exame III Exame IV Exame V Exame
Peça Questões Total Peça Questões Total Peça Questões Total Peça Questões Total Peça Questões Total
Todas as disciplinas 3,0 2,3 5,3 2,7 2,1 4,8 2,6 2,6 5,2 4,0 2,9 6,9 3,2 2,2 5,4
Adminsitrativo 3,1 2,3 5,4 3,6 2,3 5,8 2,4 3,0 5,5 4,1 3,8 7,9 3,4 2,9 6,3
Civil 3,7 2,9 6,6 3,2 2,3 5,5 2,5 2,6 5,1 4,6 3,8 8,3 4,1 2,7 6,8
Constitucional 3,3 2,5 5,9 3,5 2,3 5,8 3,7 2,6 6,3 3,4 2,9 6,3 3,2 2,3 5,5
Trabalho 2,9 2,1 5,0 2,9 1,8 4,8 2,4 2,4 4,9 4,0 2,3 6,3 3,1 1,7 4,8
Empresarial 3,0 2,7 5,6 3,4 2,2 5,6 3,4 2,6 6,0 3,8 3,7 7,4 3,0 3,2 6,2
Penal 2,8 2,3 5,1 1,9 2,2 4,1 2,6 2,8 5,4 3,9 3,2 7,2 3,0 2,0 5,0
Tributário 2,7 2,1 4,9 2,9 2,3 5,2 2,6 2,7 5,3 3,9 2,1 5,9 3,1 2,1 5,2

Continuação – Prova prático-profissional: aproveitamento médio por disciplina da 2a fase – do VI ao X EOU (Tabela 11 do relatório Exame de ordem em números)

Área Jurídica VI Exame VII Exame VIII Exame IX Exame X Exame
Peça Questões Total Peça Questões Total Peça Questões Total Peça Questões Total Peça Questões Total
Todas as disciplinas 3,2 2,3 5,6 2,7 2,1 4,8 2,7 2,2 4,9 3,3 3,0 6,3 2,7 2,8 5,5
Adminsitrativo 3,2 2,6 5,7 3,4 1,4 4,8 1,9 1,8 3,7 3,7 2,6 6,4 2,3 1,8 4,1
Civil 3,5 3,0 6,5 3,8 2,8 6,7 3,7 2,9 6,5 4,0 4,0 8,1 3,8 3,9 7,7
Constitucional 4,0 2,0 6,1 3,8 2,6 6,4 2,3 2,4 4,8 3,7 3,5 7,1 2,9 2,3 5,2
Trabalho 3,1 2,1 5,2 2,1 2,6 4,7 3,0 1,5 4,5 3,1 3,1 6,2 2,0 3,0 5,0
Empresarial 3,3 3,2 6,5 2,6 2,1 4,7 2,8 2,3 5,1 2,0 2,8 4,8 3,1 2,1 5,2
Penal 3,4 2,6 6,0 2,2 1,5 3,7 3,1 2,4 5,6 2,9 2,6 5,5 2,4 2,5 4,9
Tributário 2,7 1,2 4,0 2,7 2,2 4,9 1,4 2,4 3,9 3,7 2,8 6,5 3,1 2,9 6,0

 

Estas duas últimas tabelas demonstram que, em termos de aproveitamento, a matéria lider é Direito Civil, com a maior nota geral. Já as matérias que apresentaram menor nota geral foram Tributário, Penal e Trabalho. Supreendente, não?

 

Também é possível reparar que não existe uma uniformidade nas notas. As notas das matérias sobem e descem todos os anos, não existe um padrão nem de melhora e nem de piora constante nas notas de cada área especificamente.

 

4) Conclusão – Qual a área jurídica mais fácil na Segunda Fase do Exame de Ordem?

 

Observe que as áreas consideradas mais fáceis no “papo de corredor” (Penal e Trabalho) foram as que tiverem menores notas e aprovação. Será que é porque elas são, na verdade, mais difíceis? E será que Direito Civil ou Direito Constitucional, ao contrário do que dizem, são as matérias mais fáceis?

 

NÃO. Isso acontece porque, em grande parte dos casos, quem escolhe Penal e Trabalho, faz esta escolha porque não quer estudar muito. Já quem escolhe Civil, sabe que terá um desafio, e acaba se esforçando mais.

 

Então, finalmente, respondendo a pergunta proposta no título: qual a área jurídica mais fácil para a 2ª fase do Exame de Ordem?

 

Honestamente? Fiz todo esse estudo e trouxe esses dados estatísticos apenas para o meu artigo não ficar pobre e se resumir à resposta que eu já tinha pronta:

 

A área jurídica mais mais fácil para a segunda fase do Exame de Ordem é aquela que você mais gosta ou tem mais facilidade de estudo.

 

Isso se dá por uma razão simples: não existe área mais fácil. Existe estudo, esforço e conquista. Se você pensa em escolher a área somente pela facilidade, você já andou meio caminho para a reprovação.

 

Escolha a área que mais te agrada, aquela que te dá mais prazer em estudar. Porque, não duvide, você vai ter que ficar muitas horas sentado estudando esta matéria. E, se estudar já não é algo fácil, estudar algo que não gostamos é um martírio que vai levar, invariavelmente, a menos (ou nenhum) estudo.

 

Para dicas de estudo, leia meu artigo: Como passei na OAB – 3 dicas pessoais para passar no Exame de Ordem! (e uma dica bônus). Bons estudos!

 

Escolhendo a área do Exame de Ordem

 

ADENDO

Gostaria de pedir desculpas a todos os que se ofenderam com o meu parágrafo, mal escrito, no qual digo que grande parte dos que escolhem Penal ou Trabalho o fazem por que não querem estudar muito. Fui infeliz na redação e não transmiti exatamente o que eu queria dizer.

O fato é que eu recebo muitos e-mails e comentários de estudantes através do meu blog dizendo, mais ou menos: “Gosto mais da matéria X, mas vou prestar Y porque é mais fácil, o que a Sr.ª acha?”. E, via de regra, Y é Penal ou Trabalho, por causa desse mito que tentei quebrar neste artigo.

Eu NÃO quis dizer que todos os que prestam essas matérias querem estudar pouco! Eu quis dizer que muitos que fazem esta opção, o fazem por considerar que a prova vai ser mais fácil, e isso acaba refletindo na nota geral desta matéria (mais baixa que as demais, como demonstrei). Evidente que, em muitos casos, o estudante opta por Penal ou Trabalho por identificação com a matéria. A minha crítica não foi direcionada a estes, mas àqueles que o fazem por comodismo.

 

ATENÇÃO!

A republicação deste artigo NÃO é permitida.

FONTES: Exame de ordem em números.

Pin It on Pinterest

Conteúdo VIP

Conteúdo VIP

Coloque o seu email ao lado para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Inscrição feita com sucesso!