Alessandra Strazzi

Alessandra Strazzi

Advogada | OAB/SP 321.795

Advogada por profissão, Previdenciarista por vocação e Blogueira por paixão, Autora dos blogs “Adblogando“ e "Desmistificando". Formada pela Universidade Estadual Paulista / UNESP.

Leia também

advertisement advertisement

Juntada de petição: o que significa isso?

 

Muitas pessoas que não têm familiaridade com o dia a dia do Direito, ao consultarem seus processos através da internet, se deparam com esta expressão: “juntada de petição“. Parece coisa de outro mundo e muitas pessoas ficam preocupadas, mas não há motivos para isso.

 

Trata-se de um andamento processual muito simples, conforme explicarei neste artigo. Por favor, leia com calma o artigo inteiro e eu garanto que você vai entender, ok?

 

[Leia também o meu artigo: Processo concluso ou conclusão: o que significa isso?]

 

Índice

1. Juntada de petição: o que significa isso?

2. Mas o que é uma petição?

3. Ainda tem dúvidas?

4. Atenção!

 

O que significa juntada de petição

 

1. Juntada de petição: o que significa isso?

 

Juntada de petição é um andamento processual e significa simplesmente que uma petição foi colocada dentro do processo.

 

A juntada de petição acontece quando o funcionário do cartório coloca a petição dentro do processo (fura, numera e prende a petição no processo), quando este é físico, “de papel”. Se o processo for eletrônico, o funcionário do cartório irá realizar algum procedimento (creio que dará algum tipo de autorização ao sistema), para que a petição apareça nos autos eletrônicos (autos é sinônimo de processo em “jurisdiquês”).

Após a juntada de uma petição, o processo é encaminhado para o juiz analisá-la, geralmente. Dessa forma, provavelmente, o próximo andamento processual será o da conclusão (clique no link para saber mais).

 

2. Mas o que é uma petição?

 

Petição é uma peça escrita (texto) através da qual o advogado (ou Defensor Público, membro do Ministério Público ou até mesmo, a própria parte) se comunica com o juiz. Brincando, eu gosto de falar “pedição“, porque nada mais é do que um pedido (mas não vai falar assim, pelo amor de Deus, hein?).

 

3. Ainda tem dúvidas?

 

Caso ainda tenha dúvidas, consulte o advogado responsável pelo seu processo.

 

4. Atenção!

 

Não confundir com a “petição de juntada” (clique no link para ver um modelo), que é uma petição que serve para inserir nos autos algum documento.

 

Crédito de imagens: Photl.

Pin It on Pinterest

Conteúdo VIP

Conteúdo VIP

Coloque o seu email ao lado para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Inscrição feita com sucesso!